Acções de Responsabilidade Social

  • Programa Gertal Educa - Alimentação Saudável para crianças, (intervenções em 130 escolas abrangendo uma população de 15000 crianças e encarregados de educação)
  • Consultas de nutrição aos empregados das empresas clientes,
  • Formação em alimentação e dietética em dezenas de instalações dos nossos clientes, (ex: Curso de Culinária "Alimentação Saudável" - com a apresentação de 5 grupos temáticos - Entradas, Sopas, Massas Alimentícias, Saladas e Sanduíches),
  • Implementação das medidas "Sopa sem Sal" e do "Pão a meio-sal",
  • Oferta de Pedómetro no dia Internacional da Saúde,
  • Lançamento de novo Toalhete de papel com mensagens de educação alimentar (1.000.000 un. por mês),
  • Lançamento de campanhas como "Consumo Consciente" e "Tabuleiro Solidário", traduzidas na orientação junto dos nossos clientes, para evitar desperdício, convertendo os resultados em ofertas de alimentos a favor do Banco Alimentar;
  • Subscrição da CARTA DO DIREITO À ALIMENTAÇÃO", integrando a Trivalor a Comissão de Honra. Como consequência deste compromisso, foram já celebrados protocolos com clientes, que se traduzem na produção de refeições acima das necessidades previstas, com o intuito de as vir a doar a instituições de solidariedade social.
  • Protocolo com o Centro Pedro Arrupe, Centro Jesuíta para o Acolhimento de Refugiados, que se destina a formar refugiados na área da cozinha e produção de refeições.
  • Protocolo estabelecido com a associação "Dar i Acordar", em que diariamente são disponibilizados produtos de "vending", pastelaria e sandes, com validade a terminar no dia ou dia seguinte, e que são distribuídos por diferentes IPSS;
  • Doações de alimentos ou convertíveis em alimentos, a entidades como o Banco Alimentar contra a fome ou a Associação Bagos d'Ouro;
  • Encaminhamento dos consumíveis informáticos em benefício da Ajuda de Berço, Liga Portuguesa Contra a Sida, Ajuda de Mãe, Casa do Gaiato, Associação Portuguesa dos Deficientes e AMI,
  • Oferta das actividades de limpeza ao Banco Alimentar (no MARL);
  • Formação dos colaboradores da Entrajuda, em segurança alimentar;
  • O apoio a projectos de responsabilidade social desenvolvidos pelos nossos clientes, como é o caso do Banco de Portugal.